top of page

Futebol machuca?

Atualizado: 9 de out. de 2021


É muito comum ler ou ouvir alguém afirmar que o futebol machuca.


Quando garoto me lesionava muito jogando bola e acredito não ser o único. Mas naquela fase da vida a vontade de brincar superava muito as preocupações e o crescimento físico era um grande incentivo (ainda que inconsciente) para sempre aguardar ansioso pela próxima partida.


Na vida adulta muitas pessoas deixam de praticar o esporte mais popular do país porque têm medo de se lesionar. E não se trata de uma preocupação apenas com a saúde. Evitar uma lesão é motivo também importante para não atrapalhar nossa rotina profissional e a vida em família.

Hoje, após décadas praticando musculação, sei que muitas das lesões decorrentes da prática do futebol podem ser evitadas.


Vamos tomar como exemplo uma lesão comum que ocorre nas quadras e nos campos. O movimento de chute exige o esforço dos flexores do quadril, que são músculos que não utilizamos muito nas nossas atividades diárias comuns. Quem interrompe a prática do futebol por muito tempo e resolve voltar repentinamente sujeita-se ao risco de romper os flexores do quadril. O chute na bola, antes um movimento tão natural, agora sobrecarregará um músculo enfraquecido no longo período em que não recebeu estímulo.



Essa é uma das lesões que, antes de estar relacionada ao futebol, tem origem na falta de condicionamento físico. O futebol, como todo esporte, não deve ser taxado, genericamente, como causador de lesões. O sedentarismo, o aumento de peso, o enfraquecimento, o excesso de esforço sem preparo adequado são, na grande maioria dos casos, a resposta para aquela pergunta do início desse texto.


Eu, professor de educação física graduado, pós-graduado, especializado em Treino Funcional e praticante de diversos esportes por tantos anos, posso afirmar que o futebol não precisa ser evitado. As lesões sim, devem e podem ser evitadas com um bom trabalho de fortalecimento muscular, específico para as necessidades de cada um.

Fica a dica e procurem sempre um profissional habilitado para orientações, para assim terem um corpo mais forte e com menos chances de lesões.


Para mais dicas sobre treinamento funcional e como se ter uma boa saúde, baixe o nosso E-book e assista minhas dicas no Youtube:


Gostou do texto, curta, compartilhe e me chame inbox, ou no Whatsapp para agendar uma aula.




68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page